Enopira Probat Maximum 2020

Enopira Probat Maximum 2020

Horizontal 1986 e um estranho de 1988

Apresentação- Luiz Otávio Peçanha

LOCAL: ENOPIRA

Rua Mamede Freire nº 79             Piracicaba SP

FONE: (019) 3424-4319-  Cel. (19) 982040406

luizotaviol@uol.com.br

http://www.enopira.com.br

DIA: 03/12/2020 (Quinta-Feira)                                

HORÁRIO: 20:00

Vagas- 18

VINHOS APRESENTADOS:

  1. Château Clinet 1988- R$ 3.000,00
  2. Almaden 1986- R$ 500,00
  3. Château Beychevelle 1986- R$ 2.000,00
  4. Château Gruaud Larose 1986- R$ 2.000,00
  5. Château Rauzan Segla 1986- R$ 2.000,00
  6. Château Pichon Lalande 1986- R$ 3.000,00
  7. Château Leoville Las Cases 1986- 5.000,00
  8. Château Haut Brion 1986- R$ 5.000,00
  9. Château Margaux 1986- R$ 8.000,00
  10. Château Mouton Rothschild 1986- R$ 10.000,00
  11. Château Lafite Rothschild 1986- R$ 12.000,00

***********************************************

APÓS A DEGUSTAÇÃO SERÁ SERVIDO: Gigot D’Agneau

PREÇO POR PESSOA: 3.800,00

Situação-Lotada

Enopira Probat Maximum 2020- Horizontal 1986

Enopira-03/12/2020

Vinhos apresentados:

  • Château Clinet Pomerol 1988

Produtor- Château Clinet- Pomerol- Bordeaux- França

Castas- 80% Merlot, 15% Cabernet Sauvignon e 5% Cabernet Franc

Teor alcoólico- 12,5%

Amadurecimento- 24 meses em barricas novas de carvalho francês.

Preço- R$ 3.000,00

Serviço- Decantado por duas horas e servido a 18º C

Muito boa estrutura, muito equilibrado, viril, taninos finos, frutas vermelhas e negras, tostado, café, especiarias, muito bom retrogosto. Nota 94+, meu sexto melhor vinho.

Obteve 70 pontos, ficando na oitava posição.

  • Almaden Merlot 1986

Produtor- Almaden- Palomas- Santa do Livramento- Rio Grande do Sul- Brasil

Castas- Merlot

Teor alcoólico- 11,5%

Amadurecimento- ?

Preço- R$ 500,00

Serviço- Decantado para retirar borras e servido a 18º C

Nariz exuberante, frutas vermelhas em licor, panetone, terciários, notas de alcatrão.

Corpo médio, acidez pronunciada, acerola, pitanga, bom retrogosto. Nota 90, meu décimo melhor vinho.

Obteve 18 pontos, ficando na décima posição.

  • Château Beychevelle 4ème Saint Julien 1986

Produtor- Château Beychevelle- Saint Julien-Beychevelle- Bordeaux- França

Castas- 60% Cabernet Sauvignon, 28% Merlot, 8% C.Franc e 4% Petit Verdot

Teor alcoólico- 12,9%

Amadurecimento- 18 meses em barricas (50% novas) de carvalho francês.

Preço- R$ 2.000,00

Serviço- Decantado por duas horas e servido a 18º C

Muito boa estrutura, bom equilíbrio, frutas negras, taninos finos, leve tostado, pimenta, muito bom retrogosto. Nota 92, meu nono melhor vinho.

Obteve 52 pontos, ficando na nona posição.

  • Château Gruaud Larose 2ème Saint Julien 1986

Produtor- Château Gruaud Larose- Saint Julien-Beychevelle- Bordeaux- França

Castas- 59% Cabernet Sauvignon, 36% Merlot, 3% Cabernet Franc e 2% P.Verdot

Teor alcoólico- 12,5%

Amadurecimento- 18 meses em barricas (85% novas) de carvalho francês.

Preço- R$ 2.000,00

Serviço- Decantado por duas horas e servido a 18º C

Nariz apresentando um leve souis bois, musgo.

Muito boa estrutura, muito bom equilíbrio, fresco, alcaçuz, frutas negras e vermelhas, chocolate amargo, menta, especiarias e excelente retrogosto. Nota 95+, meu quinto melhor vinho.

Obteve 73 pontos, ficando na sétima posição.

  • Château Rauzan-Ségla 2ème Margaux 1986

Produtor- Château Rauzan-Ségla- Margaux- Bordeaux- França

Castas- 61% Cabernet Sauvignon, 35% Merlot, 2% Cabernet Franc e 2% P.Verdot

Teor alcoólico- 12,5%

Amadurecimento- 20 meses em barricas (60% novas) de carvalho francês.

Preço- R$ 2.000,00

Serviço- Decantado por duas horas e servido a 18º C

Nariz agradável e complexo

Excelente estrutura, bom equilíbrio, viril, taninos finos, tostado, especiarias e excelente retrogosto. Nota 94, meu sétimo melhor vinho

Obteve 75 pontos, ficando na sexta posição.

  • Château Pichon Lalande 2ème Pauillac 1986

Produtor- Château Pichon Longueville Comtesse de Lalande- Bordeaux- França

Castas- 45% Cabernet Sauvignon, 25% Merlot, 12% Cabernet Franc e 8% P.Verdot

Teor alcoólico- 12,5%

Amadurecimento- 18 meses em barricas (50% novas) de carvalho francês.

Preço- R$ 3.000,00

Serviço- Decantado por duas horas e servido a 18º C

Nariz agradável e sutil

Muito boa estrutura, muito bom equilíbrio, frutas vermelhas, cedro, notas terrosas, sutil grafite e muito bom retrogosto. Nota 94, meu oitavo melhor vinho.

Obteve 76 pontos, ficando na sexta posição.

  • Château Leoville Las Cases 2ème Saint Julien 1986

Produtor- Château Leoville las Cases- Saint Julien- Bordeaux- França

Castas- 65% Cabernet Sauvignon, 19% Merlot, 13% Cabernet Franc e 3% P.Verdot

Teor alcoólico- 13%

Amadurecimento- 20 meses em barricas (80% novas) de carvalho francês.

Preço- R$ 5.000,00

Serviço- Decantado por duas horas e servido a 18º C

Infelizmente esta garrafa estava bouchonée, no início ainda fiquei em dúvida, mas no decanter se confirmou.

Era um dos vinhos que eu tinha a expectativa de ficar em primeiro, pois é um vinho que eu sempre gostei e nesta safra se comporta como um Premier Grand Cru. Paciência.

Está nota tirei no abrir e passar para o decanter.

Nariz mofado.

Boa estrutrura, bom equilíbrio, frutas negras, especiarias, pimenta, bom retrogosto. Nota 89, meu décimo primeiro vinho

Obteve 04 pontos, ficando na décima primeira posição.

  • Château Haut Brion Premier Cru Graves 1986

Produtor- Château Haut Brion- Pessac- Bordeaux- França

Castas- 45% Cabernet Sauvignon, 37% Merlot e 18% Cabernet Franc

Teor alcoólico- 12,5%

Amadurecimento- 20 meses em barricas novas de carvalho francês.

Preço- R$ 5.000,00

Serviço- Decantado por duas horas e servido a 18º C

Nariz exuberante e fantástico.

Excelente estrutura, muito equilibrado, boa acidez, taninos finíssimos, frutas negras e vermelhas maduras, especiarias, madeira muito bem integrada, uma leve nota de menta, excelente retrogosto. Nota 97, meu segundo melhor vinho, ficando em seria dúvida se não colocava em primeiro.

Obteve 6 primeiro lugar, somando 157 pontos e ficando na segunda posição.

  • Château Margaux Premier Cru Margaux 1986

Produtor- Château Margaux- Margaux- Bordeaux- França

Castas- 75% Cabernet Sauvignon, 20% Merlot, 3% Cabernet Franc e 2% P. Verdot

Teor alcoólico- 12,5%

Amadurecimento- 18 a 24 meses em barricas novas de carvalho francês.

Preço- R$ 8.000,00

Serviço- Decantado por duas horas e servido a 18º C

Nariz muitoa gradavel, sutil e complexo.

Muito boa estrutura, muito equilibrado, sutil, faltando um pouco de virilidade, leve frescor, ameixa, tostado, tabaco, especiarias, muito bom retrogosto. Nota 95+, meu quarto melhor vinho; esperava um pouco mais dele, provavelmente uma garrafa um pouco judiada.

Obteve 122 pontos, ficando na quarta posição.

  • Château Mouton Rothschild Premier Cru Pauillac 1986

Produtor- Château Mouton Rosthschild- Pauillac- Bordeaux- França

Castas- 80% Cabernet Sauvignon, 10% Cabernet Franc, 8% Merlot e 2% P.Verdot

Teor alcoólico- 12,5%

Amadurecimento- 24 meses em barricas novas de carvalho francês.

Preço- R$ 10.000,00

Serviço- Decantado por cinco horas e servido a 18º C

Muito novo ainda, no abrir parecia um 2015; mais uma ou duas décadas para atingir seu auge, embora eu acredite que não se desenvolva uma finesse.

Estrutura fantástica, potente, viril, enorme carga tânica (taninos finos), frutas negras, tostado, café e excelente retrogosto. Nota 96, meu terceiro melhor vinho.

Obteve 128 pontos, ficando na terceira posição.

  • Château Lafite Rothschild Premier Cru Pauillac 1986

Produtor- Château Lafite Rothschild- Pauillac- Bordeaux- França

Castas- 70% Cabernet Sauvignon, 25% Merlot, 3% Cabernet Franc e 2% P. Verdot

Teor alcoólico- 12,5%

Amadurecimento- 20 meses em barricas novas de carvalho francês.

Preço- R$ 12.000,00

Serviço- Decantado por cinco horas e servido a 18º C

Excelente evolução no decanter, aparou uma certa rusticidade tânica, que não aconteceu com o Mouton.

Excelente estrutura, muito bom equilíbrio, viril, complexo, frutas negras maduras, notas terrosas, especiarias, tabaco, uma nota de grafite, excelente retrogosto. Nota 97+, meu melhor vinho da noite; se o Haut Brion foi mais franco e exuberante, aqui a estrutura e complexidade ganharam por um fio de cabelo.

Obteve 11 primeiro lugar, somando 160 pontos e ficando na primeira posição.

Se tivesse decantado só as 3 horas prevista, com certeza o Haut Brion teria ficado em primeiro lugar.

Para o jantar fiz um Gigot D’Agneau, acompanhado de Batatas recheadas com queijo Vermont Vale do Texto; e umas cebolinhas, cenoura, champignons e cerejas refogadas no armagnac e vinho. Receita aqui.

Excelente e didática degustação; obrigado a todos os participantes, que garantiram suas vagas para a Enopira Probat Maximum 2021, margem direita de Bordeaux (Pomerol e Saint Emilion), dia 02/12/2021.

Um site WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: