Vitis vinifera

Grapes/Uvas

A Vitis vinífera Linné subsp.Vinifera

A uva é uma das primeiras culturas de frutas domesticadas e, desde a antiguidade, tem sido amplamente cultivada e valorizada por seu fruto e vinho.

Seu surgimento é estimado a 10.000 anos atrás, logo após a ultima era glacial, no sul do Cáucaso (Oriente próximo), entre o Mar Cáspio e o Mar Negro, tendo origem na hibridação introgressiva do seu progenitor selvagem (Vitis vinifera subsp Sylvetris, dióica, com flores macho e femea) para a Vitis vinifera subsp Vinifera (com flores hermafroditas) e sua posterior migração para o vale do Jordão (Crescente Fértil), Egito, Grécia antiga e Império Romano.

A uva é uma planta perene, propagada vegetativamente, sem cruzamento de espécies, o que significa que as cultivares antigas propagado por centenas ou mesmo milhares de anos podem coexistir com cultivares geradas a partir de cruzamentos  recentes. O potencial para a autofecundação e cruzamentos, faz a reconstrução genealógica bastante difícil.

Com base em evidências morfológicas e genéticas, tem sido sugerido que as cultivares viníferas da Europa Ocidental experimentou introgressão de cultivares sylvestris da Europa Ocidental.

No futuro mapeamento de alta resolução genética vai ajudar a revelar se adaptações específicas foram envolvidas neste introgressão (clima, agentes patogénicos, etc…).

A uva vinífera manteve elevados níveis de diversidade genética desde a sua domesticação, mas a sua variação genética permanece relativamente embaralhadas dentro de uma extensa pedigree.

Um site WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: